domingo, 4 de abril de 2021

TRATADO DA VERDADEIRA DEVOÇÃO A SANTÍSIMA VIRGEM

 Ganhei esse livro da minha irmã, não conhecia esse Tratado, fiquei encantada com o conteúdo, para divulgar pesquisei nesse site:

Clique nos links abaixo para ver como adquirir os livros

O método de consagração do Tratado da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem.

Tratado da Verdadeira Devoção à Santíssima VirgemO método de consagração a Virgem Maria segundo o “Tratado da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem”, de São Luís Maria Grignion de Montfort, está escrito nesse livro e tem três momentos distintos. Num primeiro momento, o Santo nos ajuda a conhecer melhor Maria e fala da necessidade da nossa consagração a ela. Depois, São Luís nos mostra como viver a consagração. No final, o Tratado nos dá um itinerário, um caminho, de preparação para a consagração. Este escrito sintetiza o método de consagração, que é semelhante a outros métodos, mas tem como diferencial uma teologia mais desenvolvida a respeito da devoção a Virgem Maria.


Nos primeiros capítulos do Tratado, São Luís Maria nos ajuda a compreender a devoção a Santíssima Virgem. Ele nos apresenta a pessoa de Maria no desígnio da Salvação e, consequentemente, em relação a nós. Segundo ele, a perfeita devoção a Nossa Senhora tem esse nome porque esta é uma perfeita consagração a Jesus Cristo. “Quanto mais uma alma se consagrar a Maria, mais consagrada estará a Jesus Cristo” (TVD 120). Esta consagração é a que mais nos conforma a Jesus porque nos conformamos a Maria, que foi a pessoa que mais se conformou com Ele.

Depois de conhecer melhor a Virgem Maria e a consagração total a ela, São Luís nos fala da vivência da “escravidão de amor”. Este método comporta dois tipos de prática espiritual. O primeiro tipo são as práticas exteriores, que são as orações propostas pelo Santo para o crescimento espiritual. Além disso, faz parte deste método de consagração ter um sinal exterior, como uma corrente, um anel, uma medalha, que não é obrigatório, mas é uma prática salutar. Quanto às práticas interiores, que são mais importantes, trata-se de uma mudança radical no nosso relacionamento com o Senhor e com a Virgem Maria. Quem se consagra por esse método deve fazer tudo por Maria, com Maria, em Maria e para Maria. Nestas práticas interiores está o segredo da eficácia dessa consagração para a nossa santificação e para o nosso crescimento espiritual. Devemos oferecer a Maria as nossas orações, jejuns, penitências, boas obras. Tudo que o que fazemos, entregamos nas mãos da Virgem Maria, para que ela, como Mãe de Jesus e nossa, ofereça a Ele nosso sacrifício.

No final do Tratado, São Luís apresenta os exercícios espirituais de preparação para a consagração total a Virgem Maria. Depois da preparação, para fazer a consagração, o método tem uma fórmula própria, que também está no final do livro. Algumas edições contém também as orações preparatórias para fazer a consagração e outras orações que fazem parte da devoção mariana.

Assim, o método de consagração, segundo o Tratado de São Luís, nos ajuda a conhecer a Virgem Maria, a nos consagrar a ela e viver essa consagração. Trata-se de um método completo, pois nos dá a conhecer todas as etapas da consagração, permitindo que conheçamos cada uma delas. Por isso, este é um método excepcional para fazer a consagração total e para vivê-la bem. Por fim, o método do Tratado comporta a perseverança, por isso, aconselha-se que se retome a sua leitura sempre, como fez o beato Papa João Paulo II  durante toda a sua vida. Ter o Tratado como livro de cabeceira é o segredo da santidade de muitos santos e santas. Por isso, queira fazer parte deste exército de escravos fiéis da Virgem Maria, que esperam com as lâmpadas acesas até a segunda vinda do Senhor (cf. Lc 12, 35).

 

 O “Tratado da Verdadeira Devoção a Santíssima Virgem” é uma obra de São Luís Maria Grignion de Montfort (☆1673 – ✝1716), escrita por ele pouco antes de sua morte. O livro nos fala da devoção a Nossa Senhora e da necessidade da consagração a Ela. Além disso, o Tratado nos dá um método simples e eficaz de consagração, de nos entregar inteiramente a Maria.

O manuscrito do Tratado ficou perdido durante 130 anos, de 1712 a 1842, quando foi encontrado em uma caixa por um padre da congregação fundada por Montfort. Isto foi predito pelo Santo em seu Escrito: “Prevejo que muitos animais frementes virão em fúria para rasgar com seus dentes diabólicos este pequeno escrito […] Ou pelo menos procurarão envolver este livrinho nas trevas e no silêncio duma arca, a fim de que não apareça” (TVD 114).

A finalidade deste livro, segundo São Luís Maria, é mostrar como Maria Santíssima ainda é desconhecida, o que é uma das razões de Jesus Cristo não ser conhecido como deve ser. O Tratado nos leva ao conhecimento do Reino da Virgem Maria e ao conhecimento do Reino de Cristo. São Luís também diz que Jesus veio ao mundo por Maria e por Ela deve voltar no fim dos tempos: “Ela deu Jesus Cristo ao mundo a primeira vez, a há de fazê-lo resplandecer também na segunda vez” (TVD 13).


https://loja.cancaonova.com/livro-tratado-da-verdadeira-devoc-o-a-santissima-virgem-bolso

https://loja.cancaonova.com/livro-sou-todo-teu-maria-uma-gerac-o-consagrada-a-imaculada 

O Padre Francisco Amaral escreveu o livro Sou todo teu, Maria, no livro você entende melhor sobre o Tratado da Verdadeira Devoção a Santíssima Virgem

https://blog.cancaonova.com/tododemaria/tratado/

https://www.youtube.com/c/PadreFranciscoAmaral/about

São Luís Maria Grignion de Montfort

Nascido na França, no ano de 1673, de uma família muito numerosa, ele sentiu bem cedo o desejo de seguir o sacerdócio e, assim, percorreu o caminho dos estudos.

Como padre, São Luís começou a comunicar o Santo Evangelho e a levar o povo, por meio de suas missões populares, a viver Jesus pela intercessão e conhecimento de Maria. Foi grande pregador, homem de oração, amante da Santa Cruz, dos doentes e pobres; como bom escravo da Virgem Santíssima não foi egoísta e fez de tudo para ensinar a todos o caminho mais rápido, fácil e fascinante de unir-se perfeitamente a Jesus, que consistia na consagração total e liberal à Santa Maria.

São Luís já era um homem que praticava sacrifícios pela salvação das almas, e sua maior penitência foi aceitar as diversas perseguições que o próprio Maligno derramou sobre ele; tanto era assim que foi à Roma para pedir ao Papa permissão para sair da França, mas esse não lhe concedeu tal pedido. Na força do Espírito e auxiliado pela Mãe de Deus, que nunca o abandonara, São Luís evangelizou e combateu na França os jansenistas, os quais estavam afastando os fiéis dos sacramentos e da misericórdia do Senhor.

São Luís, que morreu em 1716, foi quem escreveu o “Tratado da verdadeira devoção à Santíssima Virgem”, que influencia ainda hoje, muitos filhos de Maria. Influenciou, inclusive, o saudoso Papa João Paulo II que, por viver o que São Luís nos partilhou, adotou como lema o Totus Tuus, Mariae, isto é, “Sou todo teu, ó Maria”.

São Luís Maria Grignion de Montfort, rogai por nós!

fonte:https://santo.cancaonova.com/santo/sao-luis-maria-grignion-de-montfort-devoto-a-virgem-maria/ 

 

São Luís, que morreu em 1716, foi quem escreveu o “Tratado da verdadeira devoção à Santíssima Virgem”, que influencia ainda hoje, muitos filhos de Maria. Influenciou inclusive o saudoso Papa João Paulo II, que por viver o que São Luís nos partilhou, adotou como lema o Totus Tuus, Mariae, isto é, “Sou todo teu, ó Maria”.

1- “Só Deus é a minha ternura, só Deus é o meu sustentáculo, só Deus é todo o meu bem, a minha vida e a minha riqueza».

2- “Ó Virgem fiel, tornai-me em todas as coisas um perfeito discípulo, imitador e escravo da Sabedoria encarnada, Jesus Cristo, vosso Filho».

3-“Dêem preferência às aldeias mais que às cidades, aos pobres mais do que aos ricos”.

4-“Tome a sua cruz! E não deverá arrastá-la, sacudi-la, reduzi-la ou escondê-la. Pelo contrário, leve-a bem erguida nas suas mãos, sem impaciência, nem azedume, nem murmurações…enfim sem qualquer vergonha ou respeito humano…”.

5- “O Senhor não considera tanto o sofrimento em si mesmo, mas sim a maneira como se sofre”.

6- “É por Maria que procuro e que vou encontrar Jesus, que eu esmagarei a cabeça da serpente e vencerei todos os meus inimigos e a mim mesmo, para a maior glória de Deus”.

7- “O conhecimento da Sabedoria eterna não é apenas o mais nobre e o mais doce, mas ainda o mais útil e o mais necessário, já que a vida eterna consiste em conhecer a Deus e seu filho Jesus Cristo”.

8- “Deus ama tanto as crianças que as coloca como prioridade do Reino dos céus. Por isso, quando temos um coração de criança que é dócil a palavra de Deus e busca praticar o que Jesus ensinou, acabamos escolher o caminho mais fácil para chegar a salvação: o caminho da pequenez”.

9- “Os pobres e crianças seguiam-no por toda parte, considerando-o um entre elas. Viam nesse querido Salvador tanta simplicidade, benignidade, condescendência e caridade que se acotovelavam à sua volta para se aproximarem d’Ele”.

10- “Jamais a cruz sem Jesus nem Jesus sem a cruz!”.

11- “Se examinarmos atentamente o resto da vida de Jesus, veremos que foi por Maria que ele quis começar seus milagres”.

12-“Tal é a vontade de Deus, que tudo tenhamos por Maria e assim será enriquecida, elevada e honrada pelo Altíssimo, aquela que, em toda a vida, quis ser pobre, humilde e escondida até ao nada”.

13- “Mil graças a Maria! este Jesus que eu possuo é, com efeito, seu fruto, e sem ela eu jamais o teria”.

14-“Deus, vendo que somos indignos de receber suas graças diretamente de suas mãos divinas, dá-as a Maria, a fim de obtermos por ela o que ele nos quer dar.“

15-“Que todos os homens, os estudiosos e os simples, os justos e os pecadores, os maiorais e os pequenos, louvem e honrem a JESUS e Maria, dia e noite, através da oração do Santíssimo Rosário. “Saudai a Maria que tem trabalhado muito entre vós.” (Rm 16,6)

16-“Peço que estejam atentos, a fim de não pensarem que o Rosário é de pouca importância, como dizem os ignorantes e alguns grandes intelectuais orgulhosos. Longe de insignificante, o Rosário é um tesouro de valor incalculável e inspirado por DEUS”.

17-“Ser vosso devoto, ó Virgem Santíssima, é uma arma de Salvação que Deus dá, àqueles que quer salvar”.

18-“O cristão que não medita sobre os mistérios do Rosário é muito ingrato a Nosso Senhor e mostra o quão pouco ele se preocupa por tudo que o Salvador Divino sofreu para salvar o Mundo.”

19-“Reconhecerão que Ela [ A Virgem Maria] é o meio mais seguro, mais fácil, mais rápido e mais perfeito de chegar a Jesus Cristo, e se lhe entregarão de corpo e alma, sem restrições, para assim também pertencerem a Jesus Cristo”.

20-“Jesus Cristo, nosso Salvador, verdadeiro Deus e verdadeiro Homem, deve ser o fim último de todas as nossas devoções”.

21-“É lamentável ver como a maioria das pessoas rezam o Santo Rosário, extremamente rápido e murmurando, fazendo com que as palavras não sejam pronunciadas claramente.”

22-“Quem encontar Maria, encontrará a Vida [ Jesus Cristo]”.

23-“Digo que devemos pertencer a Jesus Cristo e servi-lo, não como servos mercenários, mas como escravos amorosos, que, por efeito de um grande amor, se dedicam a servi-lo como escravos, pela honra exclusiva de lhe pertencer”.

24-“(A Virgem Santíssima) É tão caridosa que ninguém repele, que implore sua intercessão, ainda que seja um pecador; pois, como dizem os Santos, nunca se ouviu dizer, desde que o mundo é mundo, que alguém que tenha recorrido à Santíssima Virgem, com confiança e perseverança, tenha sido desamparado ou repelido”.

25-‎”O Rosário é mais valioso que os salmos, pois: Assim como a realidade é mais importante que a prefiguração, e o corpo mais importante do que a sombra, da mesma forma o Rosário é mais grandioso que o Saltério de Davi que nada mais fez que prefigurá-lo.”

26-“Confesso com toda a Igreja que Maria é uma pura criatura saída das mãos do Altíssimo. Comparada, portanto, á Majestade Infinita ela é menos que um átomo, é , antes um nada, pois que só ele é ” Aquele que é” (Ex 3,14).

27-“Tudo que convém a DEUS pela Natureza, convém a Maria pela Graça”.

28-“Maria é um lugar Santo, o Santo dos Santos, em que se formam e modelam os Santos”.

29-“Só Maria achou graça diante de DEUS (Lc 1,30), sem auxílio de qualquer outra criatura”.

fonte: https://jovensconectados.org.br/frases-marcantes-de-sao-luis-maria-grignion-de-montfort-devoto-a-virgem-maria.html

 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário